Segurança

domingo, 23 de junho de 2013

Little Revenge - Capítulo 19 {Hot}


" O que mais desespera, não é o impossível.
Mas o possível não alcançado.
- Robert Mallet "

Por favor, após ler comente.
Boa leitura princesas!


Justin Bieber On

Tinha acabado de chegar no lugar que Sarah me esperava. Ela tinha me dado o endereço ontem. Era uma casa,muito bonita por sinal. Toquei a campainha e a ouvi mandar entrar e depois passos subindo escadas - quer dizer eu acho. Tinha saído do hospital agora, Stacy ainda não tinha acordado, provavelmente não acordaria e se acordasse ia ser por pouco tempo. Ela está entre a vida e a morte.

- Sarah? - a chamei entrando na casa,era bem aconchegante.
- TÔ NO SEGUNDO ANDAR. - segui até lá e fiquei perdido,era tantas portas.
- Em que porta? - perguntei e ouvi sua gargalhada.
- A única aberta. - ela riu mais uma vez e lá fui procurar a porta aberta.Todas estavam trancadas...
- Fala mais uma vez! 
- Jus... awn .. eu preciso de você, own... agora,aaawn aqui dentro de mim... aaaaah. - Mais oque?Ela tava gemendo? Segui os sons e na porta onde eles pararam entrei. 
- Sarah? - falei assim que entrei no quarto e a vi só de lingerie na cama, se masturbando. Pois é.
- Aaawn Que bom que você ... oooooooh... chegou.....aaaawn... - gemeu e gozou. Ok né.Se aproximou de mim,enquanto lambia seus dedos.
- O que você tá fazendo? - falei nervoso. Cara ela estava quase nua na minha frente.
- Jus, eu fiquei meses sem você. Preciso te sentir, você não sente minha falta? - ela me empurrou na cama.
- Claro que sinto. - sorri e ela retribuiu.
- Então pronto! - tirou meu supra - Apenas aproveite. - tirou minha calça e subiu em cima de mim,ela me selou, adentrei minha língua em sua boca e o beijo ganhou intensidade. 

Fiquei por cima e me deitei sobre ela, apoiando meu braço no colchão pra não depositar meu peso sobre ela. Passei a beijar seu pescoço,depositando alguns chupões. Levei minha mão até seu seio e a ouvi arfar, ela me empurrou na cama,ficando sobre mim e tirou minha camisa,a jogando em qualquer canto do quarto,passou a mão por todo meu abdômen e ficou o admirando por alguns segundos.

Fiquei por cima novamente e passei minha mão por sua intimidade,ainda coberta pela calcinha,olhei pra cima e a vi de olhos fechados enquanto mordia os lábios,sorri e puxei sua calcinha,fazendo-a se rasgar em pedaços,levei uma mão até seu clitóris, estimulando-o. Logo procurei seus lábios, ela gemeu entre o beijo e eu continuava a estimular, só que dessa vez,fazia movimentos mais rápidos. Ela sorriu pra mim e eu sorri, satisfeito. A penetrei com um dedo,depois por outro e ela gemeu alto,agarrando o lençol da cama,arqueando as costas. Comecei a fazer movimentos e ela largou o lençol,passando suas mãos por minhas costas,arranhando-as,arfei mais não me incomodei.  Parei os movimentos e quando ia arrancar seu sutiã, ela me jogou na cama novamente subindo em cima de mim.

Rebolou em meu colo e pude sentir meu membro se animar com isso.Fechei meus olhos com força e ela continuava a rebolar,rapidamente ela tomou meus lábios e depois passou os beijos até minha orelha,pescoço e logo depois ela começou a distribuir beijos por meu abdômen e em seguida beijou meu membro,por cima da box.

- Vai logo com isso Sah, não aguento mais! - falei com a voz falhada e ela sorriu.

Puxou minha box de uma vez,liberando meu membro ereto e começou com os movimentos de vai e vem com os lábios,gemi e ela continuou os movimentos,eu mordia os lábios com força e fechava os olhos,tentava não gemer alto. 

Não aguentava mais,fiquei por cima novamente e procurei pelo fecho de seu sutiã,ela me ajudou o abrir e eu o joguei pelo quarto. Beijava um de seus seios enquanto brincava com o outro e logo depois comecei mordiscar e chupar-lós com vontade. 

- Tá bom, chega de preliminares, eu quero você, agora! - dessa vez foi ela falou. Sorri, também não estava mais aguentando, meu membro latejava,parecia que ia explodir de tão duro que tava.

Me posicionei no meio de suas pernas,colando ainda mais nossos corpos,rocei a cabecinha do meu pênis na entrada de sua vagina e logo a penetrei devagar, ela soltou um gemido alto e eu mordi meu lábio tentando reprimir um gemido. Comecei a fazer movimentos rápidos e prazerosos,estávamos com a respiração descontrolada, gemíamos, o prazer era imenso.  Aumentei a velocidade, estocando com força e ela gemeu alto, assim como eu, porém gemi mais baixo.

Depois de mais algumas entocadas, ela ficou por cima,sentando em meu membro. Começou a rebolar e eu coloquei minhas mãos em sua cintura, a ajudando com os movimentos. Ela continuou com os movimentos,aumentando a velocidade e eu gemi alto, em meio á alguns palavrões.

Fiquei por cima novamente e a penetrei com força,entrando com tudo de uma vez só dentro dela,ataquei seus lábios e seu grito foi abafado por meu beijo. Eu fazia movimentos de vai vem com força e rapidez. Seus seios iram pra frente e pra trás com os movimentos,não aguentei e os agarrei apertando com força,ela gemia cada vez mais alto e eu entocava cada vez mais fundo. Rolamos na cama novamente.

Ela ficou por cima de mim, sem me tirar dentro dela,levantou um pouco e sentou com tudo em meu membro,agora iniciando movimentos mais rápidos e mais fundos. Gemi alto, junto com ela e ela rebolou com mais força, enquanto passava a unha em minha barriga. Levou sua mão até seu clitóris e começou a se estimular, gemendo ainda mais alto.

Não demorou muito e ela gozou, soltando um gemido alto de prazer quando chegou ao clímax,fincou suas unhas no meu ombro e apertou seus seios com força. Apertei sua cintura com força e dei uma estocada funda, e a preenchi com meu líquido. Meu membro se contraiu em sua vagina e eu não resisti, gemi junto á ela. Relaxamos um pouco,mais depois de alguma tempo ela deu leve reboladas em meu colo e caiu ao meu lado na cama. 

- Nossa, tinha esquecido de como você era bom! - ela exclamou ainda ofegante.
- Digo mesmo. - falei - Que loucura. - rimos. A puxei,colando nossos corpos,a abracei e ela deitou sua cabeça em meu peito.
- Eu te amo. - ela me fitou e selou nossos lábios.
- Eu também te amo, muito mesmo. - Sorri, assim como ela,que olhou pra trás e novamente se aconchegou em meu peitoral nu.

Justin Bieber Off
   Stacy Hudgens On    

Abri os olhos com dificuldade mais me arrependi quando a claridade do quarto quase me cegou. Revirei os olhos e vi que estava em um quarto branco. Notei que tinha fios por todo corpo. E também que tinha uma aparelho ligado ao meu nariz, provavelmente era oxigênio.

- Meu Deus, vo-cê acordou! - uma mulher falou ao me ver com os olhos abertos, provavelmente a enfermeira. - Vou chamar o Dr. - ela saiu sorrindo da sala.
- Stacy, fico feliz em saber que você está acordada! - o médico falou me observando. - Você não sairá daqui tão cedo, você está muito mal, mais ver você acordada já é um grande progresso! - eles mexiam nos fios,tubos e afins. - Sua respiração ainda está fraca, por isso ainda receberá oxigênio. Espero que fique logo bem. - sorriu - Bom, você ainda está muito mal, e também não pode ter fortes emoções ou coisas do gênero, você ainda está fraca.Vou deixa-lá descansar, daqui a uma hora a enfermeira virá aqui. - sorriu e saiu, seguido pela enfermeira. Suspirei. Não me lembrava de nada.Minutos depois ouvi a porta ser aberta e trancada. Como não podia mexer o pescoço me assustei,vai que é Sarah?  

- Oi Stacy. - conheço essa voz. Olhei pro lado e vi Lindsey sorrindo pra mim.
- Oi. - minha voz não saiu,pra entender ela tinha que fazer leitura labial.
- Olha eu não gosto disso, mais é da minha amiga que estamos falando,então não posso fazer nada. - gelei. Ela pegou seu tablet na bolsa,assim como o iPhone,ligou pra alguém e depois de alguns segundos o desligou. Ligou o tablet e logo vi algumas imagens,era Sarah. - Me desculpa. - falou baixo e colocou o tablet mais perto de mim. 

 " Oi Stay. - riu - Bom, vamos logo ao ponto,não gosto de enrolação!É o seguinte,não sei se você se lembra do que te fiz,mais vou te contar. - ela tirou a calça que vestia - Bem,eu te joguei escada a baixo, logo depois de fazer alguns cortes em seu rosto e pescoço. Sim, você perdeu o bebê. - ela gargalhou e aos poucos senti lágrimas caírem - Fiz cortes por todo seu corpo,todo mesmo,acredita que eu fiz um corte até na sua vagina?Sim eu fiz. - riu novamente - E foi muito divertido. Sabe eu comecei essa vingança por causa daquela traição,mais depois eu comecei a me vingar por outras coisas. Desde pequena você me atormentava, cara depois que você nasceu minha vida mudou,completamente. Sim, você não é adotada, eu inventei. Enfim, era só atenção pra Stacy e blábláblá. Eu não gosto que as pessoas tomem as outras de mim, e foi isso que você fez, tomou meus pais de mim. Ok isso pode ser infantil demais,mais foda-se,você estragou minha vida! - ela suspirou - Eu sei que você não pode ter emoções fortes, por isso tô te contando isso. - sorriu maldosa -  Eu não era assim, uma patricinha vingativa, eu mudei, eu era uma garotinha normal,mais eu queria atenção,então virei uma patricinha assim,estudava pra caramba,era vaidosa demais,fazia tudo que eles mandavam. Só pra ter atenção. Você acha que meu sonho é ser estilista? Claro que não, só entrei nisso por causa da mamãe,que queria isso.Meu sonho é ser atriz, me mudar pra Los Angeles e ser atriz de Hollywood, mais se eles queriam que eu fosse modelo e nas horas vagas estilista,eu tinha que ser,por que eu tenho que ser a filha perfeita.Tenho que ser o que não sou. Outra coisa que você me fez se tornar, uma pessoa vingativa. Você pode até não ter culpa disso tudo,mais foda-se, eu te culpo. Você é uma vadia. Embebedou o Justin pra transar com ele? Que feio em nerdizinha? - ela gargalhou e tirou a blusa que usava - Sabe aquelas pessoas que te zoavam? Eu curtia isso e ainda os incentivavam a continuar a te zoar,de todas maneira. Objetivo concluído. Vingança concluída. Consegui o que queria. Você está toda deformada,sem dedos,sem cabelos,sem bebê... Você está entre a vida e a morte Stacy,não tem como mudar isso, você não vai aguentar, você é fraca, sempre foi. Você não tem mais nada. Olha pra você,precisando de aparelhos pra respirar. - riu, ela se encontrava de lingerie - Eu venci, mais uma vez! - ela tinha razão, eu sou uma fraca, estava chorando. - Olha, MEU Jus chegou, como ele se importa com você né?Você aí, entre a vida e a morte e ele veio aqui me ver,fazer amor comigo.Ele me ama Stacy,sinto muito. - riu e saiu do quarto. "

- Você vai ter que continuar assistindo. - Lindsey falou.Eu chorava feito um bebê, estou horrível, vou morrer a qualquer momento, tô sem força,perdi muito sangue,preciso de aparelhos pra respirar. Lindsey botou o tablet na minha frente (lê-se:bem na minha cara) e reparei que Sarah estava no quarto se masturbando, que horror!

" Aaawn , que bom que você... oooooh.... chegou.... aaaanw. - ela gemeu e vi ela gozar,que nojo.Não queria ver aquilo,eles transavam e ele a ama e não a mim,nunca me amou.Sempre soube disso, burra acreditei que ele algum dia podia me amar. Ela sorriu olhando pra web ligada e depois deitou em seu peitoral, ela queria ter certeza que eu estava vendo tudo aquilo? Ela consegui,venceu. Mais uma vez,desisto. "    

Olhei pra Lindsey e ela abaixou a cabeça,guardando as coisas.

- Desculpa, mais uma vez. Tchau. - saiu do quarto. Suspirei triste, tomei minha decisão. Vi que Lindsey tinha deixado uma folha e caneta em cima de mim, provavelmente sabia da minha decisão, é tenho que me "despedir".

" Pais::: Não vou falar muito, daqui a pouco a enfermeira chega aqui, tenho que me adiantar.Só queria que soubesse que amo vocês, me desculpem por tudo, amo vocês, me perdoem por isso.
Justin::: Sei que nunca me amou, mais eu te amo desde sempre,você será feliz com Sarah,apesar de tudo ela não faria nada com você, eu sei disso. Amo você,nunca esqueça disso.
 Amigos::: Obrigada por me fazerem sorrir nos momentos de tristeza e me defender daqueles que me humilhavam, eu sei que irão sentir minha falta,mais espero que me perdoem. 
Com muito amor, Stacy " 

Botei a folha dobrada ao lado da cama, observei todo local e tirei aqueles tubos,fios,tudo que estava em mim, eu tirei. Deixei algumas lágrimas caírem e então prendi a respiração,enquanto enfiava uma agulha enorme - que achei ao lado da cama - em meu coração.  Ela conseguiu mais uma vez. Logo senti a escuridão tomar conta, era o fim. O meu fim.


+5 comentários.
Enfim,o capítulo 19. 
Eu ia postar ontem,mais não tinha comentários suficientes,então deixei pra hoje.
E então gostaram?
Como vocês queriam, Stacy perdeu o bebê e morreu, felizes? ha-ha.
Eu tentei fazer um hot',espero que tenha ficado bom ;)
Não sei quando postarei o último capítulo,talvez na terça ou quarta... ainda não sei.
Não irei responder os comentários,no capítulo 20 responderei,mesmo assim obrigada =)
-Gente,uma IB é movido a comentários.Se não tem comentários não tem IB,preciso da opinião,críticas,sugestões de vocês.
Então por favor comentem! =/


-Tenham um ótimo São João.
BieberKisses!!

17 comentários:

  1. Perfeito Continua sem palavras Nossa Stacy morreu? UAU!! Agora eu acho q Sarah devia pagar tbm poq ela fez alias ela tbm ñ é inocente e Sugestões-->Talvez Sarah morrese tbm e aparece o depoimento de Justin falando td e com outra q faça ele mais feliz a outra poderia ser (Seu nome) Falasse td q ele pensa sobre aquela vingaça e td q aconteceu como os pais de Stacy e Sarah descobrirão a morte de Stacy emfim seria bem legal esse fina<--- Gatynha vc é Diva eu garanto q seu final sera maravilhoso e continua logo eu adorei esse capitulo mto mto Divo!!(Ops acho q escrevi d+ kkk) Postei akiii oo (http://imagineforeverloove.blogspot.com.br/2013/06/imagine-jason-mccann-parte-1-terceira.html) Continua o mais rapido Okay? Beijinhos princesa!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Apesar de gostar muito da Sah - hahahaha - Adoreei sua ideia!{Sabrina}

      Excluir
    2. Adorei a sugestão Chelle!
      Obrigada!
      Vou lá dar uma olhadinha.
      Continuei linda....Kisses princess!

      Excluir
  2. Aleluia!Aleluia!Aleluia!Aleluia!Alêêêluiaaaa!~é pra ler cantando ok?kkk'~
    Até q enfim a sem dedo morreu!Não aguentava mais essa putinha alejada aff'z
    Aiai eu~na IB~sou tão má MUAHAHAHAHA eu adoro ser a vilã!!
    Tá perfeito amora,só não queria q estivesse acabando,mas como dizem:tudo q é bom dura pouco :(
    CONTINUAAA LOGOO!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ok! Sua malvada u.u
      Obrigada Sah, é né...
      Continuei gatinha >.<

      Excluir
  3. Uhuuuul, Stacy morreu!! hahahaha...
    Tá perfeito demais cara, você escreve bem demais diva!
    Continue assim,desse seu jeitinho,é único,assim como ti. *---* |Continua loogo!!
    Beijão linda!{Sabrina}

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aawn' thanks Brina! Tô tão sensível esses dias,que tô quase chorando!kkkk'
      Continuei amore... Kisses!

      Excluir
  4. Amore sei que é chato, mais se puder pode divulgar minha fanfic pf :c e se quiser ler, vai ser uma honra ter você lá

    http://fanfictionbelieve.blogspot.com.br/

    Obrigada >.<

    ResponderExcluir
  5. Hot, que demais u.u | Morte, que demais u.u
    Penúltimo capítulo, não,isso não é demais!! : /
    Capítulo 20 é o último?? NÃÃÃÃO :c Nhanc,que triste! ; '(
    Coooontinua logo diva,tá perfeitooo d+.
    Beijooos amore!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Né =/
      Obrigada amore >.<
      Continuei Heleninha.... Kisses love!!

      Excluir
  6. Uhuuul a vadia morreu !!!
    comemorando aqui hahaha
    sou tão má nessa fic !!!!
    AMEI!!! Pena que está acabando :(
    Continua estou morrendo de curiosidade!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vocês são malvadas demais u.u
      Continuei amore!!

      Excluir
  7. EBA STACY MORREEEEEEU!! \O/ HAHAHA!!
    AMEI DEMAIS CARA, PENA QUE O PRÓX. É O ÚLTIMO =C , AMO TANTO ESSA FIC,ELA É TÃO DIFERENTE, ISSO QUE É MAIS LEGAL!! C=
    COOOOOOOONTINUA LOGO PEINCESA,TÁ PERFEITOO DEMAIS!!
    - KISSES , LOVE YOU PRINCESS *---* -ANA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sua má u.u
      Também acho, isso que é legal mesmo >.<
      Continuei Aninha... Kisses , love you too princess *~*

      Excluir

Comente e me motive a continuar! ^.^